Coffee Valore

Logo_coffee

Como funciona a classificação do café? Veja!

Primeiramente, você sabe mesmo como funciona a classificação do café? É sobre isso nosso artigo de hoje!

O café que vai ser comercializado é vinculado a parâmetros qualitativos. O café, então, sofre descontos conforme são reduzidos seus aspectos desejáveis como quanto ao tipo e à bebida, principalmente.

A classificação do café tem dois objetivos principais, que são: conhecer o nível da qualidade do café a ser vendido e determinar as ligas ou blends que conferem valor a certos lotes de café.

Este assunto te interessou? Então, continue a leitura!

Vamos ver neste artigo como funciona a classificação do café. Além disso, veja aqui no Coffee Valore: A qualidade do café e sua classificação.

A qualidade do café

Antes de mais nada, a qualidade do café depende muito da forma que ele é plantado, colhido e processado. A qualidade do café ainda depende de fatores, como a genética da variedade e fertilidade do solo, condições do clima, pragas e doenças que podem afetar a planta.

Abordamos sobre a qualidade do café porque isso é importante na hora de trabalhar a precificação do grão.

Como funciona a classificação do café?

Na hora de comercializar o café, sua classificação é uma fase muito importante.

A classificação do café tem como base a Instrução Normativa de número 8 de 2003 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

É importante que o produtor ou quem vai comercializar o café, conheça um pouco dessa classificação para fazer uma boa avaliação do café. A classificação desse produto pode ser feita por tipo ou defeitos, pela bebida, bem como pela cor, peneira, torração e descrição.

Vamos ver mais?

Como funciona a classificação do café: por tipo

Desde já, a classificação do café por tipo acontece com base nos grãos com defeitos ou impurezas que encontramos numa amostra como 300g de café beneficiado.

Esse tipo de classificação deve obedecer à tabela oficial para classificação, conforme o tipo de café que atenda a um número maior de defeitos identificados na amostra.

São considerados defeitos aqueles grãos que não estão em perfeitas condições, com os grãos:

  • Pretos;
  • Mal granada;
  • Quebrado.
Grão de Café Preto
Grão Preto

E, quanto as impurezas que são encontradas no café como cascas, paus, pedras etc.

Então, sobre como funciona a classificação do café, para se fazer a classificação dele, as amostras de 300g de café são separadas e colocadas em recipientes separados.

Em seguida, usando uma mesa com boa iluminação, os grãos de café são espalhados em uma folha de cartolina na cor preta.

Desse modo, os defeitos são identificados e separados conforme a tabela de Equivalência de Grãos Imperfeitos e Impurezas.

Um parâmetro para se estabelecer a equivalência dos defeitos é o grão preto, tido como o padrão dos defeitos em geral.

A classificação do café: pela bebida

Agora, vamos falar da classificação a partir da bebida, em que se faz a prova da xícara, em que o provador avalia o gosto, bem como o aroma do café.

Segundo a classificação oficial do café, o café, geralmente tem 7 escalas de bebida.

Pela cor

Primeiramente, quanto a classificação pela cor do café, são observados aspectos como aparência e conservação, então, a cor do grão pode ser assim classificada:

Grão de Café Verde
  • Verde (para café novo);
  • Esverdeado;
  • Chumbado;
  • Barrento;
  • Claro;

Amarelado (quando o café é mais velho).

Torração

A princípio, a classificação do café quanto à torração, pode se dar da seguinte forma:

  • Fina: a cor é uniforme para todos os grãos, isto é, não tem defeitos;
  • Boa: quando a cor é mais ou menos uniforme, pois existem defeitos;
  • Regular: quando a torração não está uniforme e com uma olhada em geral, dá para ver alguns defeitos;
  • Má: há muitos defeitos, como existem grãos verdes e pretos, por exemplo, que conferem um aspecto ruim à torração.

Desse modo, os grãos verdes e ardidos quando torrados ficam com a coloração amarela clara; já os grãos pretos ficam carbonizados.

Pela descrição

Antecipadamente, o café no Brasil é classificado pelo formato de suas favas, que pode ser graúda, miúda, média etc, e pelo tipo dos grãos.

Além disso, a classificação do café pela descrição leva em consideração esses aspectos, que são decorrentes de uma má gestão do agricultor ou do tipo de armazenamento. A classificação fica assim:

  • Mofado: café pouco seco, assim adquiriu mofo;
  • Podre: café com muito estado de mofo;
  • Mal seco: café que tem grãos com partes brancas e verdes; e
  • Fermentado: é um tipo de café que fermentou no terreiro;

Escuro: ficou um período no chão, ou não foi bem secado no secador apropriado.

Barrento: é um café que pegou chuva no chão ou foi mal seco em terreiro de terra considerada batida.

Pela peneira

Inicialmente, ainda sobre a classificação do café pela peneira, isso é realizado usando um jogo de peneiras, que separa os grãos conforme forma e tamanho. As peneiras geralmente têm crivos de diversas medidas e formatos.

Classificação de Café por peneira

As medidas dos crivos das peneiras ocorrem em frações de 1/64 polegada e o número da peneira atende a um número da fração.

Os cafés chatos recebem uma classificação nas peneiras de 13 a 20. Conforme a peneira usada, os cafés podem receber essas classificações:

  • Café chato grosso;
  • Chato médio;
  • Chato miúdo;
  • Café moca graúdo;
  • Moca médio;
  • Moca miúdo.

Como funciona a classificação do café: saiba mais!

Continuando nosso assunto sobre como funciona a classificação do café, saiba que quando os grãos vão ser classificados, a amostra é misturada para ter igualdade entre os grãos. Depois, é verificada a umidade dos grãos que deve estar entre 11 e 12%.

Depois disso, os grãos passam pelo processo de determinação do padrão e são avaliados vários aspectos, como cheiro, procedência da colheita, cor e os outros parâmetros ressaltados aqui nesse artigo.

Por fim, neste artigo você viu como funciona a classificação do café.

Agora, você sabe que essa classificação é muito importante para quem vai comercializar e comprar o café, pois ela define a qualidade e preço do produto.

E se este post foi útil para você, compartilhe ele?